Conheça a leveza dos personagens do Tosko – que de tosco, não tem nada.

Foto Release Tosko
Fernando Pimentel, o Tosko.

O nome do cara é Fernando Pimentel, mas ele assina suas artes como “Tosko“. Entretanto, “toscas” seria o último adjetivo que poderíamos utilizar para descrever as obras deste simpático, pacato e talentosíssimo artista de Limeira, interior de São Paulo.

Fazem parte de seu acervo telas originais extremamente suaves e delicadas. A combinação de cores é um espetáculo à parte. Tosko parece ter a fórmula certa para misturar e equilibrar com maestria uma paleta infinita de tons pastéis. Contudo, foi depois de aprontar bastante e de se apaixonar pela capoeira durante sua infância, que começou o envolvimento com a arte:

Ao contrário de muitos, comecei a me envolver com arte apenas na adolescência, influenciado pelo rap. Conheci o movimento hip hop através de revistas dessa época, comecei a treinar em cadernos, a percorrer eventos de hip hop, graffiti… e a arte foi tomando conta naturalmente.

 

_MG_3678
Tela Original | Subsistência

E mesmo podendo estar sujeito a ser enquadrado em um estereótipo que muitos manés por aí julgariam subversivo, atualmente você pode encontrar o boa praça do Tosko na escola lidando com crianças – sim, além de adornar os muros de Limeira com seus graffitis incríveis, o professor Fernando Pimentel ministra aulas de arte nas redes de educação estadual e particular em sua cidade natal.

A arte é o meu ganha pão, meu sustento, meu bem estar, meu pensamento, são minhas ideias que estão em um estado abstrato e posso concretiza-las em muros pelas cidades e telas.

capa tosko

E quando a gente pergunta pra ele o que mais gosta de retratar e expressar em suas obras, a resposta vem afiada – Tento trabalhar a leveza dos personagens, junto com elementos naturais como plantas, flores e animais. No ano de 2013 comecei uma série chamada “Simbiose” – tema do meu trabalho de conclusão da faculdade – onde busco elevar o pensamento e criar um novo olhar para as situações relacionadas em cada pintura. Cada trabalho conta uma história através de seus animais e a “simbiose” com os humanos, no intuito de colocar todos os seres vivos em uma mesma mensura e dimensão hierárquica no plano terreno.

Ainda que tenha um estilo bem marcado e participe ativamente do universo da arte urbana, Tosko não é de buscar rótulos para o seu trabalho – apenas desenho e realizo as pinturas por uma necessidade além de rótulos ou técnicas, diz o artista.

Além de propagar conhecimento e melhorar a estética da cidade, Fernando Pimentel tem seu currículo lotado de participações de peso dentro e fora do Brasil. Indo desde festivais, bienais e projetos em vários estados diferentes, até uma exposição em Santiago do Chile. Por sorte, o Fernando topou encarar este desafio conosco, e faz parte do  acervo espetaculoso de artistas do Arte Viralata. Quer levar uma obra original dele para casa? É só clicar aqui e ser feliz!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Top 10 intervenções da zueira: Fofas, Intrigantes e Irreverentes

E aí, galera do bem? Estávamos dando aquele rolé maroto na web, quando resolvemos listar aqui um TOP 10 de intervenções fofas, intrigantes e irreverentes.

arteviralata.com.br –  Para dar um confere na loja!

10° Posição – Porque também há angústia, dilemas e afeto entre quadros de luz (ou seja lá o que isso for). Poderíamos dizer, inclusive, que esta cena contém doses de amor bem superiores às de certo corações por aí. Mah que fofura, ôe!

arte_viralata_10

9° Posição – Uma luz no fim do túnel? Não! Uma ilha deserta, um oásis na selva de concreto, pintado por crianças visionárias. Por quê é que nunca pintaram um desses dentro do Detran ou do Cartório Eleitoral?

arte_viralata_9

8° Posição – Conectividade urbana. Mas é claro que a ARTE não considerou a tomada de 3 pinos do Brasil, né?

arte_viralata_8

7° Posição – Atenção redobrada ao abrir esta porta! Trá, trá, trá…(x 435.646)

arte_viralata_7

6° Posição – Área de fumante? Não por aqui. Área reservada pra comer sua tortinha 🙂

arte_viralata_6

5° Posição – R.I.P. Amiguinho.

arte_viralata_5

4° Posição – Hail to the King! Não… Hail to the Polvo! Não… Hail to the Hidrante.

arte_viralata_4

3° Posição – Inclusão e diversidade. Permitida a entrada de ninjas (ok, como se eles precisassem de permissão para entrar em algum lugar) 😉

arte_viralata_3

2° Posição – Vice-campeão. Artista sagaz combinou a arte perfeita com o cenário perfeito. E a sombra? Não sei por quê, mas essa imagem produz um link direto com a situação atual do povo brasileiro.

arte_viralata_2

1° Posição – Simples, genial e com uma dose de politicamente incorreto. Esse mister zoeira é campeão da intervenção, mas esperamos que ele entenda que não pode usar esse banheiro, a menos que ele seja o Professor Xavier nessa história.

arte_viralata_1